Valéria em Ubatuba

Valéria em Ubatuba

Olá, meu nome é Marcos e o da minha esposa é Regiane. Somos um casal normal, transamos umas três vezes por semana. Certo dia estávamos combinando uma viagem para o litoral de Ubatuba. Como não temos filhos, resolvemos convidar um casal de amigos nossos, mas infelizmente, ou felizmente, somente a esposa do André, Valéria pode ir com a gente. Ele só iria no final de semana. Valéria e uma mulher muito recatada, mas tem um corpo muito bonito. Minha esposa também tem um corpinho muito bonito para sua idade, 38 anos.

Meu apartamento só tem um quarto, mas é muito grande. Tem duas camas de casal e duas de solteiro. Não tivemos opção a não ser dormir os três no mesmo quarto. Sou louco por sexo e naquela noite senti uma vontade enorme de dar uma trepadinha, mas minha esposa me alertou que a Valéria estaria no quarto junto. Eu disse para fazermos bem baixinho, então ela aceitou.

Continuar leitura

Minha Tia Cinthia

Cadu pega uma tempestade ao voltar para casa e acaba ficando na casa de sua tia Cinthia, uma quarentona muito gostosa. O que será que aconteceu?

Era sábado, meia noite, caía uma forte tempestade que interditou todas as ruas, fazendo com que eu não conseguisse chegar em casa. Procurando em minha mente a casa mais próxima enquanto pilotava lembrei, que meu primo Gustavo morava algumas quadras à frente de onde me encontrava.

Acelerei um pouco mais minha Hornet e em cinco minutos estava na casa de meu primo. Ao tocar a campainha, minha tia Cinthia atendeu à porta. Ela tinha 47 anos, mas não parecia. Peitos com silicone e um corpo todo trabalhado e delicioso, devido aos longos anos que ela frequenta a academia.

Continuar leitura

A primeira vez a gente nunca esquece

primeira

Meu nome é Mônica, tenho 27 anos e a história que vou contar aconteceu 10 anos atrás, quando tinha apenas 17 aninhos.

Tudo começou quando a escola que eu estudava resolveu organizar uma viagem para Porto seguro para os alunos do último ano do colegial. Nunca fui muito fã de ficar em lugares com muitas pessoas, mas minha amiga Rita insistiu muito para que eu fosse. Rita tinha 17 anos, e nunca tinha transado, e via nessa viagem a sua grande chance de perder a virgindade. Como éramos muito amigas resolvi ceder e ir com ela.

Continuar leitura