Gata Nova no Condomínio

Nova Gata no Condomínio

Aconteceu comigo conhecer uma gata, quando no condomínio de apartamentos que resido, chegou uma nova moradora: loira, atraente, solteira, elegante, pernas grossas e roliças. Era dia de reunião dos moradores e aproveitei a oportunidade para fazer contato com a nova moradora. Interfonei para seu apartamento e identifiquei-me com boas vindas convidando-a para a reunião e contava com sua presença. Desci para iniciar a reunião, logo em seguida entra no salão a gata, cabelo preso, vestida com uma blusa regata branca, calça jeans de tecido alvejada, sandália de salto alto, o conjunto despertou olhares. Sentou-se e ficou até o final.

Após a reunião, eu e mais outros homens ficamos conversando sobre a nova moradora: odontóloga, separada, morava sozinha, seu corpo, sua roupa, sua sensualidade. Como um animal senti exalar o feromônio e a necessidade do macho de marcar terreno e dominar a disputa da fêmea desejada. Tinha que me antecipar e conquistar aquela mulher. Subi para meu apartamento e liguei para a vizinha gostosa com desculpa de agradecer por ela ter comparecido; perguntei se poderia falar pessoalmente e trocar algumas idéias. Ela concordou. Dirigi-me até sua porta e toquei a campainha, abriu a porta e convidou-me a entrar. Preparava um lanche e levou-me até a cozinha. Abriu a geladeira, ofereceu cerveja, aceitei e sentei-me enquanto ela servia. Continuar leitura

Um Sonho de Loira

loira

loira

Nós caminhávamos pelo shopping de mãos dadas. Eu nem acreditava que ela estava ali comigo. Parecia um sonho. Às vezes trocávamos carinhos discretos, nada que chamasse atenção, porém uma loira de olhos azuis e uma morena de mãos dadas sempre atraia olhares.

Ela me levou de volta para o hotel. Mal deu tempo de fechar a porta e ela já foi me empurrando para cama. Deitou-me com carinho. Encaixou-se no meio das minhas pernas e me beijou com paixão. Beijou meu pescoço, tirou minha blusa e puxou meu sutiã. Ela sugava meus seios, lambia, beijava e gemia comigo.

Continuar leitura